Ticker

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Reduza a ansiedade em até 65% com essa música



As terapias sonoras são muito populares como uma forma de relaxar. Durante séculos, as culturas indígenas usaram a música para aumentar o bem-estar e melhorar as condições de saúde.

Agora a neurociência tem algo à acrescentar sobre isso. Um estudo constatou que a música desempenha um papel fundamental na gestão dos ritmos do corpo. Agora os cientistas testaram e descobriram 10 músicas capazes de induzir esse efeito fisiológico. Uma melodia específica é capaz de reduzir a ansiedade em até 65%.



O estudo foi conduzido por cientistas do Mindlab International em participantes que tentaram resolver quebra-cabeças difíceis o mais rápido possível enquanto conectados a sensores. Resolver os quebra-cabeças e a pressão do tempo produziam um efeito estressante, o que traz reações fisiológicas, e os participantes ouviam músicas diferentes enquanto os pesquisadores mediam a atividade cerebral, bem como os estados fisiológicos que incluíam frequência cardíaca, pressão arterial e frequência respiratória.

De acordo com o Dr. David Lewis-Hodgson da Mindlab International , que conduziu a pesquisa, a música "Weightless" produziu um estado de relaxamento maior do que qualquer outra música testada até agora resultando em uma redução impressionante de 65% na ansiedade geral dos participantes e uma redução de 35% em suas taxas de descanso fisiológico normais(sem pressão).

A razão é que a música foi realmente construída para isso. O grupo Marconi Union criou "Weightless", em colaboração com terapeutas de som. Suas harmonias, ritmos e linhas de baixo cuidadosamente organizados ajudam a desacelerar a frequência cardíaca do ouvinte, reduzir a pressão arterial e os níveis do hormônio do estresse cortisol.


Weightless' foi tão eficaz que muitas mulheres ficaram sonolentas e eu desaconselho dirigir enquanto ouve a música porque pode ser perigoso.-Dr. David Lewis-Hodgson


É claro que a subjetividade não faz parte do estudo, cada pessoa quando conscientemente busca relaxar tem suas particularidades. Enquanto um senta e escuta uma música relaxante, ou faz exercícios respiratórios, outro precisa descarregar em uma atividade física ou com uma música mais agitada. O que funciona para um conscientemente não necessariamente funciona da mesma forma para outro. A questão é que a ação da música não é consciente, eles não estavam sendo induzidos a relaxar, pelo contrário, o estudo induziu ao estresse para o efeito do teste. Isso quer dizer que ela funciona independente da sua mente estar engajada em relaxar, e talvez ainda melhor caso não esteja. Afinal sentar e relaxar pra um ansioso é como "um trabalho árduo". Logo mantenha as suas ferramentas de gestão da ansiedade, e inclua mais uma, em um pico de ansiedade, se pra você o que funciona melhor é correr, saia e corra! Mas não custa nada incluir essa playlist, ou a faixa principal "Weightless" como música de fundo enquanto você executa as tarefas do dia a dia ou alguma delas.


Quando focamos em uma tarefa, colocamos a mente consciente nela, mas continuamos a ser influenciados pelo primado inconsciente através dos elementos do ambiente. Aromas, arquétipos, sons, cores, influenciam nosso comportamento e tomada de decisão. Na maioria das vezes é o inconsciente quem nos conduz. O Mercado publicitário usa esse conhecimento em favor próprio o tempo todo. Você é livre pra usar a favor de si mesmo!


Conheça as 10 músicas com melhor desempenho quando o assunto é reduzir a ansiedade abaixo:

  1. " We Can Fly ," por Rue du Soleil (Café Del Mar)

  1. " Canzonetta Sull'aria ", de Mozart

  1. " Someone Like You ", de Adele

  1. " Pure Shores ", de All Saints

  1. " Please Don't Go ", de Barcelona

  1. " Strawberry Swing ", de Coldplay

  1. " Watermark ", da Enya

  1. " Mellomaniac (Chill Out Mix) ," por DJ Shah

  1. " Electra ", da Airstream

  1. " Weightless " , de Marconi Union


PLAYLIST COMPLETA AQUI (Não dirija enquanto ouve)

versão de 10 horas de "Weightless" para deixar em "segundo plano". (Não dirija enquanto ouve)

Postar um comentário

0 Comentários