"Néctar dos deuses" Arquétipo da Abelha: Prosperidade , Alquimia e Construção

Abelhas são alquimistas, arquitetas e matriarcas da natureza que representam o feminino divino, manifestação, abundância, intuição e interconexão.

As abelhas simbolizam comunidade, diligência, comunicação, organização, colaboração, criação, relacionamentos, consciência coletiva, interconectividade e o senso geral de harmonia no ambiente.

Governadas e operadas pela energia feminina, elas representam a percepção intuitiva, o pensamento subconsciente, a criatividade e a conexão emocional..

O favo de mel de uma abelha representa o Chakra do Coração e a doçura da vida.

Principais Características do Arquétipo da Abelha:

Fertilidade, vida e interconexão

As abelhas desempenham um papel vital na saúde geral do nosso ecossistema. Mais de 250.000 espécies de plantas dependem de abelhas para polinização. Por isso, assim como os coelhos , as abelhas também simbolizam a fertilidade e a vida. Também entrega cera e mel aos humanos, dando a ela o valor simbólico adicional da providência.

Einstein acreditava tão profundamente na importância das abelhas para o ecossistema que previu que, se as abelhas desaparecessem, os humanos não sobreviveriam mais de quatro anos depois. Assim o significado espiritual das abelhas também se relaciona com a interconectividade de toda a vida.

As abelhas representam uma interconexão com Todos e a comunicação coletiva que todos compartilhamos.


Construção e cocriação

As abelhas são construtoras incríveis – desde suas colmeias até seus intrincados favos de mel. Podemos usar a colmeia como inspiração para construir e criar nossas próprias vidas utilizando as leis da natureza, interconectividade e nossa intuição. Aproveitar o poder de uma colmeia é uma alta energia vibracional de manifestação e cocriação em harmonia com Tudo.

A maneira como as colmeias são organizadas é de natureza divina, usando o poder da interconexão. Podemos nos inspirar para criar algo a partir de nos conectarmos com outras pessoas e trabalhos. Abelha tem a ver com o trabalho em grupos, networking e comunidade.

Trabalho duro e Responsabilidade

Abelhas assim como as formigas são sinônimo do conceito de trabalhar duro. As abelhas sabem que têm um trabalho a fazer e vão fazer esse trabalho com zelo.

Prosperidade e abundância

Como as abelhas são símbolos de trabalho duro, elas também são símbolos da prosperidade através do trabalho.

A característica de destaque das abelhas é sua capacidade de criar mel, o que representa abundância e desfrutar do fruto do seu trabalho.

A utilização do arquétipo da abelha ressoa com atrair riqueza material como resultado do esforço e trabalho. Elas nos lembram que com o trabalho duro vêm doces recompensas.

Sagrado Feminino

No reino da abelha, a feminilidade governa, e todas as operações do dia-a-dia são governadas por uma força feminina sagrada. Os druidas tinham uma relação especial com as árvores, as abelhas e com a Terra em geral. As abelhas eram consideradas sagradas para a Deusa. Isso é provável, pelo menos em parte, porque as abelhas vivem em sociedades matriarcais. A Abelha Rainha é representante da Deusa e do Feminino Divino.

Essa energia feminina rege a intuição, o subconsciente, as emoções, a imaginação, o nascimento e a nutrição. As abelhas muitas vezes ativam essa energia feminina dentro de nós.

A abelha rainha também é um aspecto importante das abelhas, que representa governar sua vida com verdade intuitiva e sabedoria interior.

Trabalho em equipe

As abelhas que vivem em colônias desempenham papéis importantes para o maior benefício da colônia. A abelha rainha põe ovos; abelhas zangão fertilizam os ovos; e abelhas operárias coletam pólen e néctar, alimentam as larvas, defendem a colônia e até desempenham um papel na ventilação da colônia. Assim, como formigas, lobos e elefantes , as abelhas são criaturas sociais que também simbolizam o trabalho em equipe e o respeito à uma hierarquia.

Abelha Rainha

A abelha rainha é a matriarca de uma comunidade de abelhas, uma vez que a vida na colmeia gira em torno de sua existência ela simboliza a realeza, a maternidade, a fertilidade e o poder criativo e governante.

símbolos supremos de dedicação e devoção

as abelhas operárias da colônia são extremamente dedicadas à abelha rainha, a ponto de estarem dispostas a morrer por ela. O espirito Animal da abelha pode simboliza uma forte ética de trabalho e vontade de servir aos outros, instigando essas qualidades como arquétipo.

Desfrutar

Embora as abelhas possam carregar 300 vezes seu peso e nunca se esquivar de seu dever de contribuir com a comunidade, elas também “param e cheiram as rosas” todos os dias. Elas trazem a mensagem sobre a necessidade de equilibrar trabalho, diversão, devoção, serviço e socialização.

Foco

As abelhas precisam ser extremamente focadas quando se trata de polinizar flores. Cientistas descobriram que as abelhas realmente sentem os campos elétricos que emanam das flores, através desses campos as abelhas podem sentir tipos de flores, bem como se estão cheias de néctar ou se foram visitadas por outra abelha. Assim a abelha sabe onde deve se concentrar para obter néctar e pólen.

Simbologia da abelha em diferentes culturas

Os celtas associavam a cor dourada das abelhas ao ouro real, e acreditavam que se devia pagar pelo mel com moedas de ouro. Os antigos mesoamericanos eram apicultores, e o mel era dado como um presente sagrado . Eles também acreditavam que os deuses mantinham abelhas para fazer mel. Os celtas consideravam as abelhas seres espirituais que podiam se mover com fluidez entre os mundos natural e sobrenatural.

Para os maias e astecas, abelhas e mel simbolizavam a vida.

Na mitologia grega, Abelhas eram associadas à Deméter, a Deusa da Agricultura e das Colheitas. As sacerdotisas de Deméter eram chamadas de Melissae, um nome sinônimo de Abelha. Perséfone também era conhecida como “The Honeyed One” e as abelhas eram sagradas para Perséfone também. Isso liga a Abelha aos mistérios da morte e do renascimento por isso os antigos gregos também viam as abelhas como mensageiras entre os mundos físico e espiritual.

Além disso, o mel era considerado um néctar dos deuses. Zeus, em particular, gostava muito pois segundo o mito ele foi alimentado por leite de cabra e mel enquanto crescia escondido do pai.

No Hino a Apolo, o dom da profecia do deus foi dado a ele por três deusas abelhas, ou musas. Além disso, a alta sacerdotisa do templo de Apolo em Delfos era considerada uma deusa das abelhas. Aristeu era o deus grego da apicultura .

No antigo Egito, as abelhas eram sagradas . Os egípcios diziam que as abelhas se manifestavam quando o deus do sol, Rá, chorava e suas lágrimas tocavam a areia do deserto. Por essa razão associaram a Abelha à energia solar, à realeza e a processos de purificação com elemento fogo.

Assim como os celtas e gregos, os egípcios acreditavam que as abelhas carregavam mensagens de e para o mundo espiritual.

No Cristianismo, as Abelhas representam doçura e misericórdia com seu mel, mas seu ferrão representa a Justiça Divina.

As referências a Abelhas e Mel na Bíblia são abundantes e têm diferentes conotações. Em algumas as abelhas são usadas como metáfora para uma multidão devotada e representam o poder da comunidade, em outras o mel é idealizado como fonte de força e nutrientes mas também é descrito como símbolo de tentação.

Em Juízes 14:7-9, Sansão é atacado por um leão, mas o Espírito Santo o enche de força e ele é capaz de derrotá-lo. Então, quando Samsun retorna ao corpo morto do leão , ele o vira e vê um enxame de abelhas e mel. Então, Sansão come um pouco do mel e depois traz um pouco para compartilhar com seus pais.

Na fé judaica, é costume durante o Rosh Hashaná mergulhar o pão chalá e as maçãs no mel. Para as pessoas de fé judaica, o mel simboliza boa sorte e saúde para o ano novo .

No Torá, há referências à “ terra do leite e do mel ”, que descreve um paraíso terrestre onde as pessoas serão nutridas e prósperas.

No Islã, a abelha simboliza a piedade . O capítulo 16 do Alcorão é chamado an-Nahl, que se traduz em A Abelha . No Islã, as abelhas são descritas como milagres de Alá, e os muçulmanos são encorajados a aprender com a dedicação e generosidade das abelhas.

As abelhas também aparecem no Hinduísmo, pois o Deus Kama, do Amor, carrega um arco que tem um fio feito por abelhas. Para os hindus, o mel é um néctar sagrado que se acredita trazer saúde, felicidade e prosperidade. Além disso, o mel era um símbolo para os deuses Vishnu, Krishna e Indra, que são chamados coletivamente de Madhava.

Na China, as abelhas simbolizam a ambição e o sucesso que vem do trabalho duro. Além disso, as colônias de abelhas são simbólicas das cortes imperiais. E o ferrão da abelha é representativo da disciplina necessária para manter a ordem.

No budismo, há um dia especial chamado Madhu Purnima, que se traduz no Festival da Lua Cheia do Mel. Assim, no budismo, as abelhas são creditadas com a criação de um presente considerado sagrado por Buda.

No Xamanismo, a Abelha é o Totem da Comunicação e Cooperação. Os xamãs evocam sua energia para harmonizar algum grupo, fortalecendo e firmando um objetivo comum a todos da tribo, e também melhorando a capacidade de expressão e comunicação de todos.


O totem da abelha é um símbolo útil para manifestar coisas que a abelha simboliza , incluindo fertilidade, saúde e vitalidade e prosperidade. Também é um totem de boa sorte por ser produtivo em e para atrair pessoas com quem você tem sinergia , para que você possa realizar seus sonhos.

No geral, a abelha simboliza a ordem, a cooperação, a nobreza, a disciplina, a organização, o trabalho e a sinergia entre equipes ou grupos que são interdependentes.

Características Positivas:

  • Cooperação;
  • Sociabilidade;
  • Altruísmo;
  • Solidariedade;
  • Cooperação;
  • Generosidade;
  • Interconexão;
  • Contribuição;
  • Devoção;
  • Fertilidade;
  • Energia Feminina;
  • Proteger e servir;
  • Esforço;
  • Determinação;
  • Organização e planejamento;
  • Foco;
  • Prosperidade ;
  • Abundância;
  • Equilíbrio, Harmonia;
  • Construção;
  • Facilidade para trabalhar em equipe;
  • Sinergia;


O Lado Sombra da Abelha:

  • Devoção cega à pessoas que ressoem na energia da Abelha Rainha;
  • Organização excessiva;
  • Pode Inibir a libido exceto no caso do zangão e Abelha Rainha; Melhor não usar imagens no quarto.
  • Seu instinto de defesa pode ser prejudicial (ao ferroar a abelha morre).

Associe-se ao arquétipo/animal de poder das abelhas quando:

  • Precisa trabalhar duro e de forma inteligente para alcançar seus objetivos.
  • Quando deseja atrair ajuda ou os colegas de equipe certos para ser mais eficaz e obter o suporte necessário.
  • Quando precisar manter o foco.
  • Quando precisar de mais estimulo pra socializar.
  • Quando você quiser trazer mais vitalidade para sua saúde e seu ambiente.
  • Quando quiser trabalhar a sua energia feminina.
  • Esperança para construir mais prosperidade em sua vida.

Indo um pouco mais além no Mundo dos Arquétipos

Postar um comentário

0 Comentários