Arquétipo da Sereia: Atração irresistível, Fascinação, Sedução Fatal e Libido



Muito utilizado para aumentar a sedução e o magnetismo pessoal esse é um arquétipo polêmico.

Metade do corpo para cima, jovens mulheres, de longos cabelos ondulados, como as ondas do mar, e seios a mostra, a outra metade  caudas e escamas, semelhante a um peixe, assim são as sereias. Com o seu canto elas os hipnotizam os homens  fazendo-o sumir na profundeza do mar.

O arquétipo da sereia traz a frequência da fascinação, da sedução fatal e mortal. Desperta a sensualidade, o flerte e a cobiça. A Sereia nos remete a magia do poder sagrado da sexualidade e das forças da natureza. 

Em todos os lugares que o homem dependia do mar existia alguma representação feminina que ''enfeitiçava os homens até se afogarem''. Crê-se que as lendas surgiram pelos ventos velozes que batiam nas pedras escarpadas das ilhas do Mediterrâneo, reverberando pelas águas um som que pode ser confundido com cantos de mulheres. Mais tarde dava-se a elas a responsabilidade pelos marinheiros que nunca retornavam pra casa.

Alguns psicanalistas acreditam que essas representações tinham a função de personificar aspectos do mar  que são incompreensíveis ao homem, portanto perigosos. Há quem diga que o mar seria as emoções, e o homem que se deixa hipnotizar, é o que sai do estado racional, mergulhando, assim, na amplitude das emoções. Assim os homens morreriam mergulhados em suas emoções.

Segundo a mitologia grega, existem três possíveis origens para esses seres:

As mulheres que ofenderam a deusa Afrodite (do Amor e da Beleza) eram castigadas para viverem eternamente em uma ilha isolada.

Perséfone, filha de Zeus (deus dos deuses, do Céu e do Relâmpago) e Deméter (deusa da Agricultura) é raptada por Hades. Todas as amigas de Perséfone são castigadas por Deméter por não terem ajudado Perséfone, sendo transformadas em mulheres-peixe.

As sereias são as filhas do deus Aqueloo (um deus-rio) com Melpômene (Musa da Tragédia) e com Terpsícore (a Musa da Dança).




Na Odisséia, Ulisses é obrigado a atravessar um canal oceânico lotado de sereias. Orientado por Circe ele pede aos seus companheiros navegantes que coloquem cera nos ouvidos para não serem encantados, e também para amarrá-lo ao mastro do navio, pois ele queria ouvir o canto das sereias. Amarrado ao mastro central do navio ele  foi capaz de entrar em contato com as  forças poderosas das emoções e do inconsciente através do canto das sereias  sem cair em perdição. Enquanto seus companheiros não  ouviam o canto não estavam em perigo mas  também não desfrutaram dele nem das emoções que evocam. Uma escolha segura, mas seria a melhor?

Na vida cabe a cada um de nós provar das emoções, nos deliciarmos de encantos sem nos encantarmos. O mastro como as cordas são metafóricas, simbolizam o aspecto do autoconhecimento e autocontrole. 

Esses seres místicos estão ligados ao elemento água e portanto as nossas emoções. Frequentemente são nossas emoções descontroladas que nos impedem de manifestar nossos desejos ou nos levam a nos afundarmos. 

Homens são conhecidos por serem mais racionais do que as mulheres, pouco entrando em contato com suas próprias emoções, escolhendo por vezes fingir que elas não estão ali, não assumindo ou resistindo aos seus sentimentos. Com as sereias eles não podem resistir, elas viram a chave, abrem as portas internas das emoções e eles são obrigados a mergulhar. Como nunca o fizeram se afogam, não conhecem seu próprio mar. Eles representam a racionalidade que é necessária mas que não é capaz de manter o domínio  da consciência se as emoções não forem visitadas e conhecidas... o autodomínio vem de conhecer e dominar suas emoções usando a racionalidade mesmo na presença delas. Ouvi-las mas não se render sem pensar.



Pode-se também considerar outra interpretação interessante desse mito:  As sereias representam miragens e ilusões, todavia, quando existe essa percepção consciente, compreende-se que existe um perigo real e destrutivo quando distorcemos a realidade, nos entregamos a ilusões ou confabulações.

Se compararmos a vida a uma viagem, as sereias aparecem como emboscadas oriundas dos desejos e das paixões. (…) Elas simbolizam a autodestruição do desejo. (…) Representam os perigos da navegação e a própria morte. Chevalier; Gheerbrant. Dicionário dos Símbolos. 

Outro aspecto muito importante na compreensão do mito das sereias que tem a ver com nossa fragilidade mediante as nossas carências. O canto evoca a miragem do que o marinheiro mais deseja, mais sente falta, mais anseia, suas fantasias. 



Qualidades do Arquétipo da Sereia

Sedução - Fascinação - Sensualidade - Atração da energia masculina - Magnetismo - Irresistibilidade - 
Autoestima - Beleza - Sociabilidade - facilidade para flertar - Aumento da libido e energia sexual.

Sedução Fatal e irresistível

Esse arquétipo tem um alto poder de sedução. Arquétipos seguem seus mitos, são cheios dos potenciais de suas histórias, nesse mito as sereias atraiam os homens  com o seu canto e com a sua sensualidade de forma que eles não podiam resistir. De tal forma que todas as demais qualidades são como raízes que partem do poder sedutor e atrativo e se transformam e se distribuem para outras áreas.

Atração, vendas e negócios

Atração não é apenas no sentido de atração entre duas pessoas, mas sim a sedução como um todo, sendo é um ótimo arquétipo para atrair vendas, e é muito bom para empresas e negócios. De acordo com suas características esse arquétipo pode ser usado por quem deseja atrair mais clientes para o seu negócio.

Autoestima 

Sereias estão sempre lindas, acariciando seus cabelos e se fazendo serem vistas, com isso usar esse arquétipo inspira a cuidar mais da aparência. 

Sociabilidade

O flerte faz parte da sedução, sendo assim existe uma energia de ser mais sociável,   o arquétipo da sereia pode lhe ajudar nesse aspecto.

Carisma 

Esse arquétipo tem um potencial de  intenso magnetismo pessoal. Sereias são irresistíveis, seu canto, sua beleza, seu jeito, sua presença. Então é comum que as pessoas se interessem mais por você tanto no lado profissional quanto pessoal.

Aumento da Libido

Esse é um ótimo arquétipo para  quem deseja aumentar a libido e sua energia sexual. No lado profissional, você terá mais prazer em executar o seu trabalho. Porém cuidado há uma sexualidade crua e desenfreada aqui que implora por atenção.



Lado sombrio do Arquétipo da Sereia

Ilusões - Territoriais - Manipulação - Falsidade - Carência - Sentimento de solidão - Compulsão em viver romances - Destrói relacionamentos - Dificuldade em firmar uma relação - Rivalidade feminina.

Territoriais  

As sereias são Territoriais, dessa forma, você pode arrumar atritos com outras pessoas que estão utilizando também esse arquétipo. E tende a se sentir irritada ou invadida quando outra pessoa surge no seu espaço, seja pessoal ou profissional.

Compulsão por relacionamentos

Como a sereia tem forte poder de sedução isso pode gerar uma compulsão por relacionamentos. 

Deve ter cuidado também com os relacionamentos amorosos, pois seus relacionamentos costumam ser breves.  Dificilmente você verá uma mulher que interage com esse arquétipo satisfeita com um relacionamento. 

As usuárias desse arquétipo inconscientemente reproduzem o padrão comportamental de uma sereia: ''atrair para matar''. Nessa perspectiva, quando o homem estiver suficientemente apaixonado, a mulher (inconscientemente) começa a se desinteressar, podendo provocar danos emocionais ao indivíduo atraído. 

É péssimo para relacionamentos duradouros. Precisa ser usado com cuidado, para situações especificas e harmonizado com outros arquétipos de casais se esse for o objetivo.

Rivalidade feminina

Não só com amigas e colegas de trabalho, mas também com clientes. Se na sua profissão você trabalha com muitas mulheres, pode causar um certo desconforto nelas, pois o seu destaque profissional pode começar a incomodar.

Manipulação

Esse é outro aspecto negativo que pode ser apresentado em quem deseja usar esse arquétipo. No mito a sereia mantém os homens reféns do seu controle absoluto.

Desencanto e vingança

Lembra que a sereia matava àqueles que eram seduzidos e atraídos por elas? Pois é, pode ser que você também provoque o desencanto, depois de certo tempo. Se tiver um relacionamento sério, tente equilibrar este lado negativo com um arquétipo de amor, como o flamingo por exemplo.

Este arquétipo também pode trazer à tona uma necessidade de “vingança” contra por exemplo uma pessoa que terminou um relacionamento, sentindo a necessidade de mostrar pro outro o que ele perdeu.

@interconexão

Postar um comentário

0 Comentários